Você está em: julho de 2014

Os principais hábitos e comportamentos indesejáveis que limitam o crescimento da carreira no mundo corporativo

Progredir na carreira é ser bem-sucedido é o objetivo da maioria das pessoas. Mas todos nós conhecemos profissionais qualificados e competentes que não conseguem evoluir na carreira. Parece que alguma coisa as amarra, as impede de crescer profissionalmente e realizar seus sonhos. Por que isso acontece?

Uma das razões pelas quais tudo parece dar errado na carreira de algumas pessoas são os comportamentos inadequados, hábitos indesejáveis e atitudes negativas que limitam e impedem o desenvolvimento pessoal e profissional e se tornam obstáculos ao crescimento da carreira, aos relacionamentos pessoais e familiares.

Hábitos são padrões de comportamento que se tornam automáticos em função de sua frequência e repetição constantes. Depois de certo tempo se tornam extremamente dificil mudá-los, pois nos dominam, nos deixam expostos e fragilizados. As pessoas com hábitos e comportamentos indesejáveis afastam os colegas e cada vez mais se sentem sozinhas e isoladas e, com isso, se tornam tristes e infelizes.

Um dos comportamentos que mais prejudicam a evolução profissional e os relacionamentos pessoais é a arrogância. Geralmente ela é exercida em relação aos colegas, subordinados, clientes e fornecedores. O individuo acredita que sabe tudo, que está sempre certo em suas opiniões, não sabe ouvir e tem dificuldades para aceitar críticas e ou receber feedback. Há gestores que gostam de ser temidos pela equipe, sentem-se poderosos com o cargo que ocupam, pelo cartão de visitas e a empresa perde com isso.

Tanto na vida pessoal e profissional como também dentro das organizações, os maus hábitos são fatores limitantes. No meu livro A.T.T.I.T.U.D.E. – A chave para o sucesso, publicado pela Editora Matrix, abordo 10 comportamentos, hábitos e características prejudiciais ao desenvolvimento pessoal e ao crescimento profissional. A arrogância é um deles. A falta de flexibilidade e a procrastinação são outros comportamentos que abordo no livro e em uma de minhas palestras sobre o tema.

Gabriel Silva
Palestrante, Coach e autor da metodologia e do livro A.T.T.I.T.U.D.E. – A chave para o sucesso, publicado pela editora Matrix.

Microfranquia cresce mais do que a franquia convencional

Para quem pretende montar seu próprio negócio, investir em uma microfranquia pode ser uma boa aposta, pois o mercado está em rápida expansão. Microfranquias são aquelas com investimento de até R$ 80 mil, mas há oportunidades com investimento inicial de até R$ 15 mil. O faturamento mensal de uma microfranquia fica próximo de R$ 30 mil, podendo chegar a R$ 80 mil, dependendo do tipo de negócio.

Este formato de franquia vem crescendo mais que a franquia tradicional nos últimos anos, em torno de 20% ao ano e já atinge 400 redes, segundo reportagem do jornal Valor Econômico sobre as pequenas e médias empresas em edição especial de 29 de novembro de 2013. E as expectativas para 2014 continuam sendo animadoras.

A explicação para tanto sucesso está na expansão da classe média, que também é empreendedora é quer ter um negócio próprio. As redes de serviços são as mais cobiçadas, segundo a ABF – Associação Brasileira de Franquias. Há várias microfranquias de serviços domiciliares em geral, desde reparos, limpeza e até depilação em casa. A outra área de grande demanda é o segmento de alimentação.

Mas para quem está disposto a investir em uma franquia, é preciso ter cautela e pesquisar bem o mercado e as redes antes de assinar o contrato. Outra dica é falar com outros franqueados da rede, para obter informações sobre o negócio, faturamento mensal, lucratividade, o relacionamento com o franqueador e a aceitação dos produtos e serviços pelos clientes. Além disso, ter um negócio próprio exige dedicação. O ditado popular que diz que “quem engorda o boi é o olho do dono” é verdadeiro!

Se você pensa em montar seu próprio negócio, é preciso ainda avaliar seu perfil empreendedor, como iniciativa, persistência e capacidade de assumir riscos e fazer um bom planejamento financeiro para que sua empresa possa começar bem e crescer forte. Nós, da Attitude Coach, podemos fazer a avaliação de seu perfil empreendedor e consultoria financeira para minimizar os riscos de seu empreendimento. É um processo rápido, objetivo e com muito aprendizado. Conte com a gente!