Você está em: julho de 2014

Os principais hábitos e comportamentos indesejáveis que limitam o crescimento da carreira no mundo corporativo

Progredir na carreira é ser bem-sucedido é o objetivo da maioria das pessoas. Mas todos nós conhecemos profissionais qualificados e competentes que não conseguem evoluir na carreira. Parece que alguma coisa as amarra, as impede de crescer profissionalmente e realizar seus sonhos. Por que isso acontece?

Uma das razões pelas quais tudo parece dar errado na carreira de algumas pessoas são os comportamentos inadequados, hábitos indesejáveis e atitudes negativas que limitam e impedem o desenvolvimento pessoal e profissional e se tornam obstáculos ao crescimento da carreira, aos relacionamentos pessoais e familiares.

Hábitos são padrões de comportamento que se tornam automáticos em função de sua frequência e repetição constantes. Depois de certo tempo se tornam extremamente dificil mudá-los, pois nos dominam, nos deixam expostos e fragilizados. As pessoas com hábitos e comportamentos indesejáveis afastam os colegas e cada vez mais se sentem sozinhas e isoladas e, com isso, se tornam tristes e infelizes.

Um dos comportamentos que mais prejudicam a evolução profissional e os relacionamentos pessoais é a arrogância. Geralmente ela é exercida em relação aos colegas, subordinados, clientes e fornecedores. O individuo acredita que sabe tudo, que está sempre certo em suas opiniões, não sabe ouvir e tem dificuldades para aceitar críticas e ou receber feedback. Há gestores que gostam de ser temidos pela equipe, sentem-se poderosos com o cargo que ocupam, pelo cartão de visitas e a empresa perde com isso.

Tanto na vida pessoal e profissional como também dentro das organizações, os maus hábitos são fatores limitantes. No meu livro A.T.T.I.T.U.D.E. – A chave para o sucesso, publicado pela Editora Matrix, abordo 10 comportamentos, hábitos e características prejudiciais ao desenvolvimento pessoal e ao crescimento profissional. A arrogância é um deles. A falta de flexibilidade e a procrastinação são outros comportamentos que abordo no livro e em uma de minhas palestras sobre o tema.

Gabriel Silva
Palestrante, Coach e autor da metodologia e do livro A.T.T.I.T.U.D.E. – A chave para o sucesso, publicado pela editora Matrix.

O que nos resta esperar de 2014?

O Carnaval acabou é como diz o ditado popular, no Brasil o ano só começa depois do Carnaval. Então, Feliz 2014! Finalmente o ano começou de verdade. Mas já estamos em março. Em abril tem o feriado prolongado de Páscoa e Tiradentes. O 1º de maio – dia do trabalho, será numa quinta-feira. Em junho tem a Copa do Mundo. Em outubro tem as eleições e em novembro, provavelmente, teremos o segundo turno das eleições para presidente e finalmente, chegou dezembro, dia de Natal, quinta-feira, feriadão prolongado.

A economia brasileira vai continuar fraca, com a taxa de juros na casa dos 11%, o dólar subindo e os preços lá em cima, nas alturas. A educação e a saúde continuam com péssima avaliação da sociedade. A Petrobras vair continuar com problema de caixa para bancar os bilionários investimentos do pré-sal, a Eletrobras – também controlada pelo governo, vai continuar dando enorme prejuízo, e, finalmente dezembro está logo ali. Lamento dizer, mas 2014 já era!

Deixando de lado o fraco desempenha da economia e os eventos esportivos e políticos, voltamos a pergunta inicial: o que nos resta esperar de 2014? Se você ainda pretende salvar o ano e cumprir suas metas de 2014, sugiro a você quatro atitudes:

  • Mantenha o foco em suas metas de curto prazo: Metas fazem maravilhas, desde que você dê foco e entre em ação para cumprí-las. O cenário econômio realmente está bastante adverso, mas você não pode desistir. Entre em ação!
  • Amplie suas fronteiras: No meu livro A.T.T.I.T.U.D.E – A chave para o sucesso e em minhas palestras sobre carreira abordo a importância de participar de novos projetos e novas iniciativas da empresa para ampliar suas fronteiras do conhecimento para desenvolver novas competências e aumentar sua visibilidade. Sempre há uma oportunidade ao seu redor. Levante a mão e saia de sua zona de conforto!
  • Gestão do tempo: A correria do dia a dia nos leva a direcionar nosso tempo para as questões urgentes, algumas importantes, outras pouco importantes e de baixo valor para seus objetivos. O segredo de uma boa utilização do tempo é direcionar uma parte do nosso tempo para as coisas importantes, porém não-urgentes, como o planejamento, a organização, o desenvolvimento pessoal e na melhoria da qualidade de vida.
  • Invista em seus conhecimentos: faça um MBA ou um curso rápido na sua área, ou ainda um curso de línguas. As empresas valorizam o profisional que investe em sua formação alinhada com as necessidades da organização. Quando a economia finalmente decolar, você precisa estar preparado!

Boa sorte! E sorte é o que acontece quando a preparação encontra a oportunidade.

Os hábitos e comportamentos indesejáveis

O mundo está cheio de pessoas talentosas, inteligentes, com boa formação acadêmica, mas que não conseguem progredir na carreira. Por que isso acontece? O sucesso na carreira é uma jornada, uma caminhada, não um ponto de chegada. É uma trilha que precisa ser percorrida com autoconfiança, autoconhecimento, persistência e automotivação. O sucesso na carreira é uma questão de mérito individual, fruto de nossas atitudes e de nossas próprias escolhas.

Aprender a identificar os problemas e a responder de forma rápida para limitar os danos e resgatar nossos esforços pode ser, em última instância, o fator determinante do sucesso na carreira. O autoconhecimento é fundamental nesse processo. Conhecer nossas limitações, saber identificar nossos hábitos e comportamentos inadequados, nossas limitações pessoais e saber receber feedback pode ser um caminho virtuoso para que possamos desviar dos obstáculos encontrados em nossa trajetória profissional.

Hábitos são padrões de comportamento que se tornam automáticos em função de sua frequência e repetição constantes. Depois de certo tempo, se torna extremamente difícil mudá-los, pois nos dominam e nos deixam expostos, aborrecidos e até infelizes. Alguns hábitos são totalmente inadequados, inapropriados, e se tornam um obstáculo para o crescimento da carreira profissional e até nos relacionamentos pessoais e familiares. As pessoas com hábitos indesejáveis afastam os colegas e cada vez mais se sentem sozinhas e isoladas.

No livro A.T.T.I.T.U.D.E. – A chave para o sucesso, de minha autoria, publicado pela editora Matrix, abordo os dez principais hábitos, comportamentos e atitudes indesejáveis e prejudiciais ao desenvolvimento pessoal e ao crescimento profissional. Tais hábitos e comportamentos limitam e até impedem a construção de uma carreira profissional bem-sucedida.

O primeiro comportamento que menciono no livro é a falta de comprometimento. Entregar projetos e trabalhos fora do prazo rotineiramente, não ter compromisso com a qualidade, com as metas e com os resultados estão entre os comportamentos que mais prejudicam a evolução da carreira profissional. As pessoas que se esforçam e se dedicam com entusiasmo em seu trabalho tem maiores chances de conseguir sucesso pessoal e profissional. Outro comportamento inadequado que abordo no livro é a procrastinação.